segunda-feira, outubro 30, 2006


Morreu o especialista em criminologia Artur Varatojo

Artur Varatojo morreu ontem, aos 80 anos, vítima de cancro. O seu corpo está em câmara-ardente na Igreja do Santo Condestável, Lisboa, de onde partirá para o cemitério dos Prazeres hoje à tarde (às 16 horas).

Artur Varatojo nasceu em Lisboa, na freguesia de Santa Catarina, a 21 de Agosto de 1926. Em 1949 completa a sua licenciatura em Economia e Finanças pelo Instituto Superior de Ciências Económicas e Financeiras. Em 1976 licencia-se em Direito pela Faculdade de Direito de Lisboa. E em 1985 obtém o Curso Superior de Medicina Legal.

"Se ao longo da sua vida Artur Varatojo tem tido ampla divulgação nos media, através de entrevistas e artigos sobre a sua obra, não é menor a sua participação como realizador de programas radiofónicos e televisivos e cronista de imprensa". Assim era apresentado o advogado criminologista na página que tinha na Internet (www.esquilo.com).

Para rádio fez a adaptação de "Ala dos Namorados", de Campos Júnior, o folhetim "O Caso das Crianças Desaparecidas", e, com o pseudónimo Dr. Fantasma, a rubrica "Na Pista do Crime", no Rádio Clube Português.

Para a televisão ,Varatojo, como especialista de criminologia e assuntos policiais, fez o programa ABC do Crime" (emitido durante 7 anos) e a "Selecção Policial" (emitida durante 8 anos). Foi autor de vários concursos da RTP, nomeadamente "Ou Sim Ou Não", "A Dama ou o Tigre" e o "Noves Fora Nada", apresentado por Artur Agostinho. Durante 17 anos escreveu para "A Capital" a crónica semanal "O Crime Visto por" .

Jornal de Noticias, 30 de Outubro de 2006

2 comentários:

aldina disse...

Inesquecível!


Até sempre!

Klatuu o embuçado disse...

Um grande homem e um grande português! É bom que não o esqueçamos.

Cumprimentos.