segunda-feira, outubro 20, 2008

Simone de Oliveira - Maxime


Simone de Oliveira apresentou-se no Sábado passado no palco do Cabaret Maxime, em Lisboa. Este mostrou-se mais que perfeito para a presença e música de Simone de Oliveira.
Passando em revista grandes temas da sua carreira - No Teu Poema, A Noite e a Rosa, Tango Ribeirinho ou Desfolhada à Portuguesa, houve tempo para emoções, risos e muitas palmas. Duas músicas sem serem em Português, uma retirada do espectáculo Marlene, a outra, My Funny Valentine, e a presença de Victor de Sousa e o "dueto" de Palavras Gastas.
Simone de Oliveira, ainda extraordinariamente bela e sensual em palco, provou que a idade não a iníbe e que a voz, essa, ainda a tem em grande estilo (e, a meu ver, com mais timbre e força que há uns anos atrás).
A acompanhá-la esteve, com toda a sua mestria e simpatia, o piano de Nuno Feist.
Menos conversadora que o normal, houve tempo para algumas ironias e, no final, o seguinte pedido, em tom de provocação: "Se perguntarem se eu ainda canto, respondam por mim."
A mim ainda ninguém perguntou mas posso responder já: Canta e de que maneira...

3 comentários:

Arnaldoooooo disse...

Estive lá (nas coxias) e confirmo tudo e mais alguma coisa. Tomei a liberdade de fazer pequenos registos da voz que faz a História...pelo menos a minha.

pedro disse...

Tive pena de não ir... :(

Anónimo disse...

Muito bem, só é pena o concerto ainda não estar disponível no site que aqui indicas...Gostávamos de ver! Mas se ela ainda é bela e sensual, que dizer desta fotografia do Paul Newman que aqui tens...Ui,....bjs (Luísa+Inês)